[There are no radio stations in the database]

Agricultores e pecuaristas participam de evento na Câmara de Vereadores para falar do Plano Safra em Itamaraju

Escrito por   em 02/09/2023

FOTOS: CLEICK SOARES

Pode ser uma imagem de 9 pessoas

O limite de financiamento de investimentos no Pronamp passa de R$ 430 mil para R$ 600 mil por beneficiário/ano. 

A Câmara Municipal de Vereadores de Itamaraju, com a presença e o apoio da Presidenta da casa Vereadora Ny , agentes financeiros do Banco do Nordeste, Banco do Brasil, SICOOB, Caixa Econômica Federal e Sindicato Rural, realizaram na última  sexta-feira, 01, de setembro do lançamento nacional do Plano Safra 2023/024,  anunciado pelo Governo Federal através do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e  o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, desde o  dia  (27), , em Brasília (DF).

Pode ser uma imagem de 4 pessoas, escritório e texto

Ladeada por palestrantes, a Presidenta da Câmara Municipal dos Vereadores de Itamaraju, a Vereadora Ny falou da felicidade em mostrar para os produtores, o caminho para o Plano Safra 2023/2024

A agencia agro e a palestrante Fabiana Longo da SETAF e BAHIATER, falaram sobre as linhas de créditos para pequenos, médios e grandes agricultores e pecuaristas de  Itamaraju, como financiar, forma de pagamento e o que pode ser financiado pelas instituições bancarias local, além de falarem sobre a importância  do Cadastro Nacional de Agricultura Familiar-(CAF) para os pequenos agricultores da nossa região.

Pode ser uma imagem de 3 pessoas, camisa e terno

Vereadora Ny, Presidente da Câmara Municipal dos Vereadores de Itamaraju

”O Plano Safra chega em um momento em que os pequenos, médios e ate mesmo os grandes produtores e pecuaristas precisam do apoio do governo para impulsionar nossa economia  que tem sua vocação para agricultura e a pecuária. Nós como poder público precisamos orientar aos nossos produtores quais os caminhos para receber esse financiamento e estamos aqui cumprindo nosso papel”

-Disse A Presidente da Câmara de Vereadores de Itamaraju, a Vereadora Ny

Pode ser uma imagem de 8 pessoas e texto

Sociedade do mundo do agro e da pecuária no café da manhã que marcou o ato de informações sobre o plano safra

O plano visa o   financiamento da agricultura e da pecuária empresarial no país. Os recursos da ordem de R$ 364,22 bilhões vão apoiar a produção agropecuária nacional de médios e grandes produtores rurais até junho de 2024. 

Pode ser uma imagem de 5 pessoas e sala de redação

Os recursos são destinados para o crédito rural para produtores enquadrados no Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) e demais. O valor reflete um aumento de cerca de 27% em relação ao financiamento anterior (R$ 287,16 bilhões para Pronamp e demais produtores).

Pode ser uma imagem de 4 pessoas

Gente do mundo da agricultura e pecuária foram a Câmara Municipal dos Vereadores para ouvir palestrantes sobre os investimentos do Plano Safra 20223/2024

O Plano Safra 2023/2024 incentiva o fortalecimento dos sistemas de produção ambientalmente sustentáveis, com redução das taxas de juros para recuperação de pastagens e premiação para os produtores rurais que adotam práticas agropecuárias consideradas mais sustentáveis. 

Do total de recursos disponibilizados para a agricultura empresarial, R$ 272,12 bilhões serão destinados ao custeio e comercialização, uma alta de 26% em relação ao ano anterior. Outros R$ 92,1 bilhões serão para investimentos (+28%).

Os recursos de R$ 186,4 bilhões (+31,2%) serão com taxas controladas, dos quais: R$ 84,9 bilhões (+38,2%) com taxas não equalizadas e R$ 101,5 bilhões (+26,1%) com taxas equalizadas (subsidiadas). Outros R$ 177,8 bilhões (+22,5%) serão destinados a taxas livres.  

As taxas de juros para custeio e comercialização serão de 8% ao ano para os produtores enquadrados no Pronamp e de 12% a.a. para os demais produtores. Já para investimentos, as taxas de juros variam entre 7% a.a. e 12,5% a.a., de acordo com o programa. 

Médios produtores

O fortalecimento dos médios produtores rurais também é destaque no Plano Safra deste ano, com maior disponibilidade de recursos para custeio e para investimento.  

Além disso, o limite de renda bruta anual para o enquadramento no Pronamp passa de R$ 2,4 milhões para R$ 3 milhões. A mudança leva em consideração a elevação dos preços dos produtos agrícolas.  

Quem está enquadrado no Pronamp terá taxa de juros mais baixas para a aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas por meio do Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota). O acesso aos recursos do Moderfrota terá taxa de juro de 10,5% a.a. para o Pronamp, sem limite de financiamento. Para os demais produtores, a taxa de juros permanece em 12,5% a.a. 

O limite de financiamento de investimentos no Pronamp passa de R$ 430 mil para R$ 600 mil por beneficiário/ano.  

O Plano Safra deste ano também prevê o aumento de 25% para 30% da exigibilidade de direcionamento dos Recursos Obrigatórios para as operações de crédito rural nas instituições financeiras. No caso do Pronamp, a subexigibilidade para o custeio passou de 35% para 45%.


Iniciar Conversa
Oi, Sejam bem vindo(a) a nossa rádio!
Olááá! Obrigado por ouvir a Revista Multimidia !!!